MODELOS DE MECENATO E COLECIONISMO ARTÍSTICO ENTRE PORTUGAL E BRASIL
MODELOS DE MECENATO E COLECIONISMO ARTÍSTICO ENTRE PORTUGAL E BRASIL.
DescriptionUnit
Documento
PT/RGPL/FRGLP.PPRLB.06.00003
MODELOS DE MECENATO E COLECIONISMO ARTÍSTICO ENTRE PORTUGAL E BRASIL
[s.d.]
Os estudos histórico-artísticos tem indicado a importância do mecenato, como prática associada ao colecionismo, para compreender os fenômenos artísticos. Interessa-nos transportar uma abordagem da história do mecenato e do colecionismo para o contexto luso-brasileiro. José Fernandes Pereira indicou a falta de estudos sistemáticos a respeito de um mecenato barroco em Portugal. Para o autor, o termo não havia encontrado ainda definição conceitual e metodológica adequada à produção artística do Seiscentos e do Setecentos português. Entendia que fora o clero a ter atuação mais importante e renovadora, em lugar da corte. Foi bem compreendido o papel do mecenato por parte das irmandades leigas e ordens terceiras no âmbito das criações artistas de Minas Gerais do século XVIII. No entanto, não se deixou de relevar a importância, ainda que em menor medida, do mecenato proporcionado pelas Ordens Religiosas, e nem tampouco, pela atuação artística das dioceses. Aos modelos de mecenato e colecionismo ilustrado e religioso do século XVIII, sucedem-se práticas oitocentistas associadas ao gosto da Corte. Elementos de transformação e permanência podem ser observados na passagem dos modelos de mecenato e colecionismo de Portugal ao Brasil entre esses dois séculos The historic-artistic studies indicates the importance of the patronage, as an activity associated with the collections, to understand the artistic phenomena. We are interested in apply collections and patronage history approaches to the Lusitanian and Brazilian context. José Fernandes Pereira indicates the absence of systematic studies on baroque patronage in Portugal. To the author, the term does not find yet an appropriated conceptual and methodological definition to the artistic production in the XVI and XVIII Century in Portugal. He proposes the clergy had a more important and innovative actuation instead of the Court. It is well understood the patronage by the laic organizations and Third Orders in the artistic creations of Minas Gerais, Brazil, during the XVIII Century. However, it was considered the importance, even if not so much, the patronage by Religious Orders and Dioceses. After the collections and patronage illustrated during the XVIII Century, the practice in the XIX Century was more associated with the Courtesan taste. Transformation and permanence could be observed in the models of patronage and collections in Portugal and Brazil.
colecionismo mecenato história da arte patronage collections art history
Artigos\\Artigos do PPRLB
(pt) Português
(en) Inglês
Atas dos Colóquios do PPLB
1809-2748
Atas do 6º Colóquio do PPRLB: Portugal no Brasil: Pontes para o presente
Angela Brandão
Universidade de São Paulo
Maraliz de Castro Vieira Christo
Universidade Federal de Juiz de Fora
Classificação
  • Fundo do Real Gabinete de Língua Portuguesa
  • Atas PPRLB
  • Atas do 6º Colóquio
Multimedia
Registos relacionados