EXÍLIO: UMA LEITURA DA POÉTICA DE JORGE DE SENA
EXÍLIO: UMA LEITURA DA POÉTICA DE JORGE DE SENA.
DescriptionUnit
Documento
BR/RGPL/FRGLP.PPRLB.01.007
EXÍLIO: UMA LEITURA DA POÉTICA DE JORGE DE SENA
[s.d.]
O texto discute a temático do exílio em poemas do volume Poesia III, de Jorge de Sena. Afastado dos modelos literários e ideológicos de sua época, a distância que mantém em relação ao seu próprio país transcende os limites geográficos e o exílio se torna uma condição existencial, transfigurada em poesia. Dois aspectos fundamentais e intimamente ligados da vida portuguesa podem ser percebidos nos versos de Sena: o sentimento de estar distante da pátria e a figura de Camões, um exilado, que se revela sob perspectiva crítica. A condição que Jorge de Sena apresenta ao leitor é a do homem, ao mesmo tempo, emigrante e imigrante, que não pertence mais a nenhum lugar e assiste perplexo à diluição da própria língua. Através do exorcismo intelectual ele relê e reescreve a história e o cotidiano do país. This article brings about the exile thematic in poems of Poetry III volume by Jorge de Sena. Aside from the ideological and literary standard models of his time,the distance he keeps concerning his own country transcends the geografical frontiers and the exile becomes existential condition, transfigured into poetry. Two essential and closely related aspects to the portuguese life may be realized in Sena’s verses: the feeling of being away from his motherland besides Camões’s figure, on exile, under a critical perpective. The condition Jorge de Sena brings to the reader is that one of a man, at the same time, emigrante and immigrant, who belongs to nowhere and stares at his language dilute. Through an intellectual exorcism, he re-reads and re-writes his country’s history and everyday life
exílio intertextualidade referencialidade exile intertextuality referential
Artigos\\Artigos do PPRLB
(pt) Português
(en) Inglês
Atas dos Colóquios do PPLB
1809-2748
Atas do 2º Colóquio do PPRLB: Deslocamentos e Permanências
Amyres de Sousa
CAMÕES, Luís de. Os Lusíadas. Org. Emanuel Paulo Ramos. Porto: Porto, 1982
CAMÕES, Luís de. Obras completas. São Paulo: Cultrix, 2003.
FAGUNDES, Francisco Cota. O retorno do exilado; subsídios para o estudo dum drama humano na pessoa de Jorge de Sena. In: SANTOS, Gilda (org.) Jorge de Sena em rotas entrecruzadas. Lisboa: Edições Cosmos, 1999
FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo dicionário da língua portuguesa. 2 ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986
GÂNDARA, Paula. Jorge de Sena, ou para o exílio na palavra. In: SANTOS, Gilda (org.) Jorge de Sena em rotas entrecruzadas. Lisboa: Edições Cosmos, 1999, p.275 – 299.
GONÇALVES, Adelto. Moçambique: A ilha dos amores e dos poetas. Metamorfoses. Cátedra Jorge de Sena para Estudos Literários Luso-Afro-Brasileiros / UFRJ, n. 3, p. 44 – 54, jun. 2002
HATHERLY, Ana. Jorge de Sena – um terceiro Modernismo? BOLETIM DO SEPESP Seminário Permanente de Estudos Portugueses, Rio de Janeiro, v. 6, p. 23 –24. set. 1995.
JORGE, Sílvio Renato. Portugal e a imagem do império: os (des)caminhos de uma identidade. Boletim do CESP. Belo Horizonte, v. 20, n. 26, 9 –28, jan/jun 2000
KRISTEVA, Júlia. Estrangeiros para nós mesmos. Trad. Maria Carlota Carvalho Gomes. Rio de Janeiro: Rocco, 1994.
LOPES, Óscar. Camões e Jorge de Sena. Boletim do SEPESP – Seminário Permanente de Estudos Portugueses. Rio de Janeiro, v. 6., p. 23 –24,setembro 1995
LOURENÇO, Eduardo. Identidade e memória – O caso português. In: Nós e a Europa ou as duas razões. Lisboa, INCM, 1988, p.1 -15
LOURENÇO, Eduardo. Evocação de Jorge de Sena. Boletim do SEPESP Seminário Permanente de Estudos Portugueses. v. 6. Rio de Janeiro, p.9 – 22, set. 1995.
LOURENÇO, Eduardo. Viagem no imaginário crítico de Jorge de Sena. In: SANTOS, Gilda (org.) Jorge de Sena em rotas entrecruzadas. Lisboa: Edições Cosmos, 1999. p.43 – 50
LOURENÇO, Jorge Fazenda. Titulo nenhum serve para o estudo da recepção de Jorge de Sena nos anos 40. In: SANTOS, Gilda (org.) Jorge de Sena em rotas entrecruzadas. Lisboa: Edições Cosmos, 1999. p. 153 – 170.
MATOS, Maurício. Podeis roubar-me tudo; subsídios para uma antologia de Camões na produção literária de Jorge de Sena. In: SANTOS, Gilda (org.) Jorge de Sena em rotas entrecruzadas. Lisboa: Edições Cosmos, 1999. p.241 – 266.
SANTOS, Gilda. Camões e as navegações da Ilha de Moçambique. Boletim do SEPESP – Seminário de Estudos Portugueses, v. 6. Rio de Janeiro, p.155 – 166, set. 1995.
SANTOS, Gilda. Camões e as navegações da Ilha de Moçambique. Boletim do SEPESP – Seminário de Estudos Portugueses, v. 6. Rio de Janeiro, p.155 – 166, set. 1995.
SANTOS, Gilda. Roubam-me Deus, outros o diabo – quem cantarei? In: JORGE, Sílvio Renato et ALVES, Ida, Maria S. Ferreira (orgs). A palavra silenciada: estudos de Literatura Portuguesa e Africana. Niterói: Vício de Leitura, 2001, p. 79 – 90.
SANTOS, Gilda. Como ser mais português num exílio brasileiro: Jorge de Sena e o Portugal Democrático. Revista da ABRAPLIP. Memória e identidade / Associação Brasileira de Professores de Literatura Portuguesa,. Santa Maria; no 2. p. 31 – 57, ABRAPLIP, 2001.
SECCO, Carmen Lúcia Tindó Ribeiro. Colóquio Ilha de Moçambique: o entrecruzar de culturas, sonhos e memórias. Metamorfoses. Cátedra Jorge de Sena para estudos Literários Luso-Afro-Brasileiros/UFRJ. Rio de Janeiro, v. 3, p. 15-17, jun.. 2002.
SENA, Jorge de. Poesia – III. Lisboa: Edições 70, 1989.
SILVA, Teresa Cristina Cerdeira da. Jorge de Sena – Dos rios que vão de Camões a Jorge de Sena. In: SANTOS, Gilda (org.) Jorge de Sena em rotas entrecruzadas. Lisboa: Edições Cosmos, 1999. p.303 – 310.
SILVEIRA. Jorge Fernandes da Silveira. Uma cadeira para assistir ao século XX: reflexões sobre a poesia de Jorge de Sena. In: SANTOS, Gilda (org.) Jorge de Sena em rotas entrecruzadas. Lisboa: Edições Cosmos, 1999. p. 171 – 200.
SILVEIRA. Jorge Fernandes da Silveira. Era uma vez Camões na Ilha de Moçambique. In: Metamorfoses Cátedra Jorge de Sena para estudos Literários Luso-Afro-Brasileiros/ UFRJ ,Rio de Janeiro, v. 3, p. 21 – 25, jun. 2002.
Classificação
  • Fundo do Real Gabinete de Língua Portuguesa
  • Atas PPRLB
  • Atas do 2º Colóquio : Deslocamentos e Permanências
Multimedia
Registos relacionados